Turismo internacional: 9 em cada 10 turistas aprovam viagem ao Brasil

Urubici – Morro da Igreja

Viajar para o Brasil superou ou atendeu plenamente as expectativas de 88,3% dos turistas internacionais que desembarcaram no país em 2017. O resultado foi revelado por um estudo do Ministério do Turismo divulgado nesta quinta-feira (17). Trata-se do maior índice desde 2013. A experiência positiva fez com que 95,6% dos entrevistados terem a intenção de retornar ao país. Segundo o levantamento, o Brasil recebeu 6.588.770 de turistas internacionais, recorde histórico superior, inclusive, aos números obtidos na Copa do Mundo e Jogos Olímpicos.

As categorias de infraestrutura e serviços turísticos com melhor avaliação dos visitantes foram hospitalidade (98,1%), alojamento (96,4%), gastronomia (95,7%) e restaurantes (95,5%).  Mas é importante ressaltar que todos os critérios analisados tiveram mais de 70% de aprovação.

“Temos investido fortemente na infraestrutura e qualificação turística com o intuito de preparar cada vez mais o Brasil para desenvolver plenamente sua vocação turística e os índices positivos obtidos na pesquisa mostram que estamos no caminho certo. Um exemplo disso é que pudemos observar a melhoria da avaliação dos aeroportos que passou de 89,9% para 92% e de sinalização turística que saiu de 80,6% para 83,3%”, comentou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

Atualmente, segundo a Demanda Turística Internacional, os vizinhos da América do Sul são os que mais tem aproveitado o Brasil. Dos 6.588.770 de turistas internacionais em 2017, 62,4% ou 4.112.327 eram sul-americanos. Os argentinos seguem encabeçando a lista dos maiores emissores de turistas para o Brasil com 2.622.327, um crescimento de 14% em relação a 2016. O segundo lugar fica com os Estados Unidos (475.232) seguido de Chile (342.143), Paraguai (336.646) e Uruguai (328.098).

Por conta da proximidade do Brasil com os países da América do Sul, quase metade deles – 2.017.264 (49%) – escolheram as vias terrestres para cruzarem as fronteiras do país. Aliás, apenas entre os residentes do continente sul-americano a via terrestre supera a aérea – 1.996.669. Nos demais continentes, segundo levantamento do Ministério do Turismo, a preferência pelo transporte aéreo é muito superior às demais vias de acesso ao país tendo sido a escolha de 63,5% dos viajantes.

VERÃO – Segundo o estudo, o litoral brasileiro segue sendo o grande atrativo para os visitantes internacionais com seus mais de 7 mil quilômetros de extensão e o Verão, com suas altas temperaturas, é a época mais procurada. Apenas os meses de janeiro, fevereiro e março do ano passado concentraram 38,5% de todos os turistas vindo de outros países.

Outro dado que corrobora a preferência pelo litoral é que, segundo a pesquisa, 72,4% dos viajantes que vieram para o Brasil a lazer tiveram como principal motivação o sol e a praia, seguido de natureza, ecoturismo e aventura (16,3%) e cultura (9%). “Não podemos negar nossa vocação para o turismo baseado em nossos recursos naturais, não à toa somos o número um nesse quesito segundo o Fórum Econômico Mundial, mas queremos que cada vez mais o turista conheça toda a variedade de atrativos que temos a oferecer como a cultura, a gastronomia, sem esquecer o nosso potencial para o turismo de negócios”, defendeu o ministro.

PESQUISA – O levantamento, encomendado pelo Ministério do Turismo para a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), foi feito com base na entrevista de 35.550 turistas ouvidos em 25 locais de pesquisa – 15 aeroportos internacionais e 10 fronteiras terrestres.

Ajude a encontrar as ex-soberanas dos Festivais de Balonismo

soberanas
Soberanas do Balonismo

Com o propósito de marcar a data histórica da edição de número 30 do Festival Internacional de Balonismo, a Secretaria Municipal de Turismo quer realizar o “Encontro com as Rainhas do Balonismo”. Além da confraternização, os depoimentos das rainhas e princesas vão somar para a memória do evento. Você pode contribuir para a iniciativa, avisando as ex-soberanas desta atividade ou ainda fornecendo pistas de localização para a Secretaria, por meio do fone (51) 3626 9150 ramais 702 e 703.

O Encontro deve ocorrer no dia 28 de abril, sábado, às 14h, no espaço da “Tenda Cultural”, dentro do Parque do Balonismo. Na primeira edição do Encontro, as participantes devem falar sobre a dedicação e responsabilidade na divulgação do evento e ainda abordarem a história e crescimento do Festival. Devido o envolvimento da comunidade torrense no Balonismo, desde sua criação, a Secretaria de Turismo tem grande expectativa no resgate destas informações. Contribua para o sucesso do evento!

Fonte: Prefeitura de Torres



Na rota das Marias Fumaças

Crédito: Embratur

Andar de trem é fazer uma verdadeira viagem no tempo. O meio de transporte desenvolvido no início do século XIX confere aos seus passageiros uma viagem confortável com direito à paisagens exuberantes entre serras, matas e plantações. No Brasil, a construção da primeira ferrovia foi iniciada com o Barão de Mauá, que implementou os primeiros trilhos em terras tupiniquins. O tempo foi passando, outras formas de locomoção foram chegando, mas as ferrovias não perderam seu charme. Ao contrário: vem ganhando importância no turismo.

Hoje, existem 28 roteiros de trens de passageiros, entre regulares e turísticos, autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Dados do Plano Nacional de Viação de 2016 mostram que o país possui 30,6 mil km ferrovias já implantados e 17,2 mil km em planejamento. Só no ano de 2016, o setor transportou 1,3 milhão de passageiros.

A variedade de trens é tão grande que o turista pode escolher entre antigas Marias Fumaças ou trens mais modernos, que não agridam ao meio ambiente. Para embarcar nessa viagem, a Agência de Notícias do Turismo selecionou alguns roteiros de trilhos para o viajante apaixonado pelas locomotivas. Para outros roteiros, clique aqui.

Estrada de Ferro Carajás (PA – MA): Norte e Nordeste brasileiros estão unidos pelos trilhos em um trajeto de 892 km. Considerado o mais longo do país nessa categoria, o visitante vai percorrer o trajeto da maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo, em Carajás, no sudeste do Pará, ao Porto de Ponta da Madeira, em São Luís (MA).  O trem funciona desde 2015 e transporta cerca de 300 mil passageiros por ano.



Trem do Corcovado (RJ) – A paisagem da Mata Atlântica faz parte do percurso. Quando se trata de trem, esse é um dos roteiros mais populares do Brasil, com direito a locomotiva centenária (a primeira do país) e elétrica, o que auxilia a não poluir o meio ambiente. Como bônus, o turista ainda consegue admirar a cidade maravilhosa lá do alto, no Cristo Redentor.

Estrada de Ferro Vitória a Minas (ES – MG): Vitória (ES) e Belo Horizonte (MG) são ligadas pela ferrovia desde 1907, levando um milhão de passageiros por ano pelos 664 km de distância entre as capitais. Com essa opção, o turista se deleita por um dia inteiro com paisagens de importância histórica na região sudeste. É importante ressaltar que o trem oferece conforto e estrutura alimentar para que esse dia seja ainda mais inesquecível.

Trem de Rio Negrinho a Rio Natal (SC): Sentir-se um típico passageiro da década de 1940 vai fazer parte do passeio de quem escolher esse roteiro, as “senhoras” locomotivas podem até ter uma idade avantajada, mas dão conta de cruzar os 40 km entre Rio Negrinho e Rio Natal, no município de São Bento do Sul com maestria.  Também fazem parte do atrativo incríveis obras da engenharia, como túneis, viadutos e pontes que estão presentes históricas.

Trem do Vinho (RS): Dois atrativos em um só passeio. A Maria Fumaça “trem do vinho”, como é conhecida, percorre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa e dá oportunidade ao turista de viver as tradições dos imigrantes italianos, que são retratadas no passeio por meio de apresentações gaúchas. No trajeto também são servidos vinho tinto, suco de uva branco e tinto, além de espumante. A rede ferroviária foi inaugurada em 1919 e transportou passageiros até a metade da década de 1970.

INCENTIVO PARA OS TRILHOS – O turismo ferroviário é uma importante ferramenta de promoção do turismo e tem o apoio do MTur. Em fevereiro deste ano, uma reunião em Brasília marcou a retomada de discussões do Grupo de Trabalho de Turismo Ferroviário coordenado, desde 2010, pela Pasta. A pauta do encontro abordou pontos como a necessidade de avanços normativos e legais na área para superar obstáculos ao adequado desenvolvimento do ramo no Brasil.

A próxima reunião do colegiado deve ocorrer em abril. Além do MTur, fazem parte do GT de Turismo Ferroviário representantes do Ministério dos Transportes, do DNIT, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Ministério do Meio Ambiente, do Brasil Convention & Visitors Bureau e empresários do setor, entre outros.

Fonte: Ministério do Turismo



Turismo tem novo ministro

Novo ministro Vinicius Lummertz Silva

Vinicius Lummertz Silva é o novo ministro do Turismo. A nomeação foi publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial da União (DOU). Natural de Santa Catarina, Lummertz tem 57 anos e é formado em Ciências Políticas pela Universidade Americana de Paris, com cursos de gestão na Kennedy School, da Harvard University; no IMD de Lausanne, Suíça, e possui MBA-Executivo na Amana Key, em São Paulo. À frente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), desde junho de 2015, o executivo já atuou como secretário Nacional de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo, de setembro de 2012 a maio de 2015.

A posse de Vinicius Lummertz está marcada para esta terça, às 15h, no Palácio do Planalto. Como presidente da Embratur, o novo ministro participou ativamente de um dos marcos para o turismo nacional: os Jogos Rio 2016. Também atuou junto ao ministro Aloysio Nunes, das Relações Exteriores, e ao então ministro do Turismo, Marx Beltrão, na implementação do visto eletrônico para turistas norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos.

Ainda no setor turístico, Vinicius Lummertz foi secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Florianópolis e Secretário de Estado de Articulação Internacional do Governo de Santa Catarina de janeiro de 2007 a dezembro de 2010. Ainda no ano de 2010, acumulou o cargo de Secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão do Governo de Santa Catarina. Foi Diretor da Unisul, e membro da Reitoria da Universidade do Sul de Santa Catarina, de janeiro de 2002 a novembro de 2003; Diretor Técnico do Sebrae Nacional, janeiro de 1999 a dezembro de 2002 e Presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), de abril de 1997 a dezembro de 2000.

Fonte: Ministério do Turismo



Cerca de 60 mil pessoas curtiram a Páscoa em Gramado

Pascoa em Gramado

A quarta edição da Páscoa em Gramado encerrou oficialmente neste domingo (08). O último final de semana do evento contou com a passagem de aproximadamente 60 mil pessoas pela cidade, conforme a organização do evento. Mesmo depois do feriado que celebra a Páscoa, a cidade seguiu movimentada e com o mesmo entusiasmo para conhecer “O Doce Sabor de Gramado”, temática que guiou a edição deste ano.

O momento mais esperado dos últimos dias foi a Parada de Páscoa final. A Avenida Borges ficou repleta de famílias, que cantaram e se envolveram com os personagens. O encerramento oficial ficou por conta do coral En’Canto, ao relembrar clássicos dos anos 70 na Rua Coberta.

Para a cidade, o saldo da Páscoa em Gramado também foi positivo. Conforme a Associação das Indústrias de Chocolate de Gramado (ACHOCO), a expectativa de aumento de 10% das vendas foi alcançada com sucesso pelo mercado local, conforme afirma o presidente da associação, Altanísio Ferreira de Lima. “Conseguimos alcançar as expectativas de vendas para esse ano. Ainda não fechamos o balanço geral da Páscoa, mas percebemos um aumento entre 10% e 12% para os chocolates, trazendo-nos um saldo bem positivo”.

Ademais, a Páscoa em Gramado movimentou a Serra Gaúcha durante as quatro semanas de evento. Mesmo esperando  cerca de 400 mil pessoas, a marca alcançada chegou bem próxima da expectativa: no total, um público de aproximadamente 350 mil pessoas passou pela cidade e aproveitou a beleza, gastronomia e as atrações programadas. A quarta edição consolidou-se como evento permanente de Gramado, trazendo cultura, tradição e fé para o mês de abril. A cidade decorada atraiu turistas de diversas partes do mundo e a programação agradou o público de todas as idades.

A Páscoa em Gramado é uma apresentação da Golden Gramado Resort Laghetto, realização da Gramadotur e correalização da Associação das Indústrias de Chocolate de Gramado (ACHOCO). O evento possui o apoio da Secretaria da Cultura, CDL, Cristais de Gramado, Rádio Sorriso, SENAC e STEMAC. A Páscoa também é uma promoção da Prefeitura de Gramado.

Fonte: Prefeitura de Gramado



Fiscais do MTur notificam 53% dos meios de hospedagem visitados em Porto Alegre

Crédito: Josiele Silva/ Sedactel-RS

A visita da equipe de fiscais do Ministério do Turismo aos meios de hospedagem de Porto Alegre terminou nesta quinta-feira (05) com a notificação de 42 estabelecimentos que estavam sem o Cadastur, registro obrigatório junto à Pasta conforme estabelece a Lei do Turismo. A ação esteve, ao todo, em 78 estabelecimentos. Além das notificações, 36 estabelecimentos receberam termos de fiscalização, que representam a visita das fiscais em locais que já estão fechados ou que trocaram de CNPJ.

O objetivo da fiscalização foi sensibilizar os prestadores de serviços turísticos sobre a importância de estar regularizado junto ao órgão máximo de turismo no Brasil, que é o MTur. Além de trazer uma série de vantagens para o trabalhador da área, como acesso a financiamento em bancos oficiais do governo e cursos gratuitos de qualificação ofertados pela Pasta, o prestador regular também mostra para o seu cliente que realiza um trabalho legal, sério e seguro.

“O trabalho de fiscalização tem tido grande apoio de todo o setor que entendeu a importância de manter seus estabelecimentos regularizados frente à instância máxima do turismo que é o ministério. Até o fim deste mês finalizaremos essa ação que já percorreu todas as regiões do país e acredito que teremos um avanço importante no número de registros no Cadastur ”, explica Larissa Peixoto, coordenadora de fiscalização da Pasta.

Para realizar o cadastro, acesse o site do Novo Cadastur clicando aqui, escolha o item “Sou prestador” e preencha os dados básicos. A ferramenta foi modernizada em todo o país, é de fácil compreensão e o prestador vai conseguir realizar uma rápida inscrição. Lembrando que o cadastro é obrigatório e quem não se regularizar poderá ser autuado e pagar uma multa de até R$ 854 mil.

De acordo com a Lei do Turismo, o cadastro é obrigatório para agências de turismo, meios de hospedagem, guias de turismo, transportadoras turísticas, acampamentos turísticos, organizadoras de eventos e parques temáticos. Iniciado em setembro do ano passado, o trabalho tem surtido efeito nos números do Cadastur. Em dezembro de 2017, foram identificados 64.591 cadastros, um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Até abril, os fiscais do Ministério visitarão todas as capitais brasileiras. Desde que foi iniciada, em setembro de 2017, a operação já esteve em 22 cidades: Brasília, Rio de Janeiro, Boa Vista, Maceió, João Pessoa, Palmas, Aracaju, Teresina, Fortaleza, Vitória, São Luís, Cuiabá, Goiânia, Belo Horizonte, Campo Grande, Natal, Recife, Salvador, Rio Branco, Manaus, Belém e Florianópolis.

Fonte: Ministério do Turismo



 

Parques Temáticos vão investir mais de R$ 40 milhões no Brasil

Crédito: Danilo Borges/ MTur

O segmento de parques temáticos está encerrando o ano com uma grande conquista. A Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou na última semana a isenção do imposto de importação para cinco parques brasileiros: Beach Park, Wet n’ Wild, Blue Park, Unipraias Camboriú e Unipraias Gramado. A medida deverá resultar em um investimento de R$ 42,5 milhões e foi resultado de uma negociação feita pelo Ministério do Turismo com a equipe econômica do governo. As empresas precisarão trazer seus equipamentos no período de seis meses.

“Essa decisão mostra como o governo brasileiro acredita no segmento de parques temáticos para impulsionar a economia”, explicou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

O incentivo para compra de novos equipamentos para parques temáticos é uma das ações do Plano Brasil + Turismo, um pacote de medidas lançado em abril para impulsionar o setor de viagens. As iniciativas do Brasil para fortalecimento do segmento foram reconhecidas pelo presidente da Associação Internacional de Parques e Atrações Turísticas (IAAPA), Greg Hale, que, durante congresso internacional realizado em Orlando no mês passado, elogiou o esforço do Brasil em melhorar o ambiente de negócios e, consequentemente, atrair investidores para o país.

No Brasil, o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Alain Baldacci, comemorou a isenção dos impostos. “Eu acredito que o governo foi sensível à necessidade de constante atualização do setor e isso só pode ser feito através da importância de novos equipamentos e, entendendo essa conjuntura, o governo resolveu abrigar esse pleito com o apoio dos ministros Marx Beltrão e Marcos Pereira, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e das equipes técnicas das duas áreas. Agora nosso objetivo é conquistar essa isenção em definitivo no próximo ano”.

MAIS EMPREGO E RENDA PARA O PAÍS

Um estudo elaborado pelo Sindepat revelou que a redução de carga tributária pode resultar em um investimento de R$ 1,9 bilhão e gerar cerca de 56 mil empregos nos próximos cinco anos. Atualmente, os 18 estabelecimentos associados ao Sindepat geram 11 mil empregos diretos e movimentam cerca de R$1 bilhão na economia por ano.

Segundo o próprio viajante, nove dos dez melhores parques temáticos da América do Sul estão no Brasil, mas o setor avalia que a alta carga tributária ainda é um gargalo significativo para o desenvolvimento do segmento no país, por isso o debate para a isenção do imposto de importação.

Ministério do Turismo



Leia também

[feed url=”http://www.turismoriograndedosul.com.br” number=”5″]

 

Preços de passagens aéreas caem 10% em novembro

Crédito: Gustavo Messina

As passagens aéreas ficaram 10% mais baratas em novembro, segundo resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado nesta sexta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O transporte aéreo ocupa o segundo lugar na lista de 15 itens – todos os outros são alimentos – que tiveram as maiores reduções de preços na comparação com outubro deste ano.

A redução de preços dos bilhetes coincide com o histórico recente de aumento da demanda por voos domésticos que, somente em outubro, cresceu 7,7% na comparação com o mesmo período de 2016. Outro dado que sugere o aquecimento do mercado de viagens é que novembro registrou também a maior intenção de viagem do ano, segundo sondagem do consumidor, realizada pelo Ministério do Turismo nas sete maiores capitais do país.

A sondagem do MTur mostra também que cresceu o percentual de brasileiros que pretendem utilizar o avião como meio de transporte em suas viagens. De 48,4% em novembro de 2016 para 51% neste ano.

Reação da economia

“Temos indicativos de que a economia está reagindo e no turismo essa recuperação é visível”, comenta o ministro do Turismo, Marx Beltrão. De acordo com o Boletim de Desempenho Econômico do Turismo do MTur, o setor aéreo apresentou o segundo maior aumento de faturamento médio – 11,2% – no terceiro trimestre do ano, entre sete segmentos pesquisados.



Leia Mais

[feed url=”http://www.turismoriograndedosul.com.br” number=”5″]

Enart – Maior evento de arte amadora da América Latina será neste final de semana

Dezoito modalidades artísticas, dez palcos paralelos e mais de 4 mil competidores. Estes são alguns números do Enart – Encontro de Artes e Tradição, que acontece de 17 a 19 de novembro em Santa Cruz do Sul.
Em sua 32ª edição, o evento é considerado o maior de arte amadora da América Latina e promete atrair um público superior a 40 mil expectadores. A realização é do Movimento Tradicionalista Gaúcho e da Fundação Cultural Gaúcha, com apoio da 5ª Região Tradicionalista e da GPSNET. Patrocinam o evento a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul e Philip Morris, pelo Pró-Cultura RS, da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. 

Objetivo

O evento tem por finalidade a preservação, valorização e divulgação das artes, da tradição, dos usos e costumes e da cultura popular do Rio Grande do Sul. É também objetivo do Enart valorizar o artista amador do Rio Grande do Sul e credenciar os vencedores do ENART, nas diversas modalidades a representarem o Estado nos eventos nacionais e internacionais.
A solenidade de abertura acontece às 19h de sexta-feira, com apresentação especial do CTG Tiarayú, vencedor das danças tradicionais gaúchas na edição de 2016. Já na sexta-feira iniciam as competições de danças tradicionais. O grande vencedor deve ser revelado na noite de domingo. Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, a expectativa é grande para o evento, que deve ser um dos maiores da história. O vice-presidente artístico, José Roberto Fishborn, está otimista e garante que estão sendo cuidados todos os detalhes para fazer um grande evento.

Modalidades

No total são 18 as modalidades competitivas: Danças tradicionais, Chula, Gaita Piano, Gaita de Botão até 8 Baixos, Gaita de Botão Mais de 8 Baixos, Gaita de boca, Bandoneon, Violino ou rabeca, Violão, Viola, Conjunto instrumental, Conjunto vocal, Intérprete solista vocal masculino e feminino, Trova galponeira, Trova Mi Maior de Gavetão, Trova de Martelo, Trova Estilo Gildo de Freitas, Declamação, Pajada, Declamação masculino e feminino, Causo e Danças gaúchas de salão.

Novidades

Uma das novidades desta edição é a escolha de grupo de danças tradicionais mais popular por meio de aplicativo. A iniciativa dá continuidade ao processo de modernização do evento iniciado há dois anos, quando foi implantado o sistema de publicação, em telão, das notas dos grupos de danças tradicionais em tempo real.

18ª Mostra de Arte e Tradição Gaúcha

Paralelamente ao Enart, no Parque da Oktoberfest, acontece a 18ª Mostra de Arte e Tradição Gaúcha, na tarde de sábado, dia 18. O evento tem como tema “Resgatando e Homenageando os Legados de 47 – Resgate da História da Chama Crioula em sua Região Tradicionalista”.
A Mostra apresentará as pesquisas e atividades culturais desenvolvidas pelas Prendas e Peões coordenados pelos Departamentos Culturais das trinta Regiões Tradicionalistas do MTG, sob a responsabilidade da Coordenação Cultural Interna do MTG, das Prendas e Peões Estaduais, com a participação efetiva dos Departamentos Culturais Regionais. 

Voluntariado

A 32ª edição do Enart também marca a consolidação do modelo de voluntariado. Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, é expressivo o número de interessados em colaborar para a realização do evento. “São pessoas de todas as partes do Rio Grande do Sul que querem vestir essa camiseta”, comemora.

Ingressos

Para adultos, o ingresso por acesso é de R$ 15,00 e a pulseira permanente, para acesso sexta, sábado e domingo, R$ 40,00. Para crianças de 10 a 12 anos, para idosos acima de 60 anos, e para estudantes com carteirinha, o valor do ingresso por acesso é R$ 7,00 e o permanente, R$ 20,00. Pessoas com deficiência, concorrentes credenciados, estudantes do ensino fundamental da rede pública de Santa Cruz do Sul credenciados, doadores de sangue de Santa Cruz do Sul credenciados no Hemovida são isentos.

O valor do estacionamento é R$ 40,00 para automóvel, R$ 100,00 para ônibus e R$ 10,00 para motocicleta. Os condutores dos veículos e acompanhantes pagarão individualmente o valor do ingresso. No caso do ônibus que acessar o parque, o motorista que tiver a carteira de identificação da empresa de transporte estará isento do pagamento do acesso, limitado a dois motoristas.  

Legenda: Tiarayú, vencedor na modalidade de danças tradicionais Força A da edição 2016, fará show na Abertura

Foto: Deivis Bueno

Fonte: MTG.org



Outras notícias

[feed url=”http://turismoriograndedosul.com.br/ultimas-noticias/” number=”5″]

Primeiro final de semana da FenaMassa 2017 registra mais de 10 mil visitantes

Atrações da FenaMassa – Crédito: Vanessa Pedroso

A cidade mais italiana do Brasil recebeu mais de 10 mil visitantes no primeiro final de semana da 5ª edição da FenaMassa, um dos maiores eventos gastronômicos de Rio Grande do Sul. Além da culinária típica, os visitantes prestigiaram shows e participaram de oficinas, brincadeiras e passeios pelos pontos turísticos do município.

O presidente do festival, Gustavo Giulian, faz avaliação positiva dos primeiros três dias do evento e comenta que 80% dos visitantes vieram de outras regiões do Estado. “A presença do turista foi muito forte. Podemos afirmar que 80% do público veio de outras regiões da Serra e do Estado, o que é muito gratificante para os nossos expositores, pois é uma oportunidade de mostrar o que a cidade oferece de melhor. Nossa avaliação é extremamente positiva e temos expectativa que o próximo final de semana seja ainda mais intenso.”

Entre as atrações do último sábado (11.11), ocorreu o tradicional concurso de tortéis. O vencedor da edição foi Francisco Tormena, que comeu 128 unidades em duas horas, e se tornou o novo recordista – o vencedor de 2015 havia comido 105.  Com uma estrutura de 4 mil m², distribuídos entre praça de alimentação, espaço do vinho, palcos para shows, espaço infantil, oficinas gastronômicas, projeto Mão na Massa, exposição de indústrias de massas, móveis e decoração, a programação da FenaMassa 2017 retorna na próxima quarta-feira (15.11) e encerra no domingo (19.11).

Na última edição, em 2015, os expositores alcançaram a marca de faturamento aproximadamente R$ 700 mil, gerando 150 empregos diretos e mais de 150 indiretos, durante o período do festival. Em quatro edições, estima-se que os expositores tenham movimentado aproximadamente R$ 2 milhões.

Abertura da FenaMassa

Na sexta-feira, dia 10 de novembro, o presidente da FenaMassa, Gustavo Giulian, acompanhado das Soberanas  Manoella Sandi, Ana Paula Borsoi e Bruna Bertoldo, deu início à 5ª edição do evento. Giulian ressaltou a importância da festa para valorização cultural e agradeceu o esforço de toda comunidade para fazer o evento acontecer. “Trabalhamos muito para chegar a este momento tão esperado. Graças ao apoio e trabalho de muitas mãos, hoje, celebramos a abertura da 5ª edição da FenaMassa. Manter viva esta festa significa manter viva a nossa cultura. Aqui, compartilhamos um pouco da nossa história e mostramos o quanto somos gratos e valorizamos as conquistas dos nossos antepassados”. A cerimônia foi prestigiada pela imprensa, representantes do comércio local e autoridades. Entre eles, Juarez Santinon, Prefeito, acompanhado da Secretária de Turismo, Dirce Brambatti Guzzo; Rogério Berti, presidente do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER); e o presidente da Câmara de Indústria e Comércio (CIC), Adriano Pedro Susin.

O 5° Festival Nacional da Massa – Fenamassa 2017 tem o financiamento do Governo do Estado – Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer – Pró-Cultura RS – Lei de Incentivo à cultura, numa realização da CIC Antônio Prado e Ministério da Cultura, Governo Federal, Ordem e Progresso, com patrocínio oficial Nordeste Alimentos e Ceran – Companhia Energética – Rio das Antas.

 

O que: FenaMassa 2017

Quando: de 15 a 19 de novembro

Onde: Centro Histórico de Antônio Prado/RS

 

Programação – 15 de novembro – a programação completa pode ser conferida no site www.fenamassa.com.br.

10h – Início do Festival

10h30min – Passeio Turístico e Cultural

11h – Oficina Gastronômica Infantil com o SENAC

12h – Apresentação Musical com Nelsa e Cristian  – Palco 2

13h – Apresentação Musical com  Max Jungs  –   Palco 2

14h – Espaço Mão na Massa

14h30min -Passeio Turístico e Cultural

15h – Oficina Gastronômica Infantil com o SENAC

15h30min – Espetáculo Teatral Escravos de Jó  – Tem Gente Teatrando  – Palco 3 MINC

16h30min – Apresentação Coro Del Paese –  Espetáculo 1,2,3…era uma vez -Palco 2

17h – Oficina Gastronômica Infantil com o SENAC

17h30min – Apresentação da Invernada Artística ACTG Cancela do Imigrante – Palco 3 MINC

18h30min – Espetáculo Teatral  O Maravilhoso Show de Variedades da Família Gentil – Teatro Luz e Cena         – Palco 3 MINC

19h – Apresentação Musical com Alexandre Lucena – Palco 2

19h30min – Passeio Turístico e Cultural

20h – Apresentação do Coro Del Paese – Espetáculo Rock in Brazil   – Palco Principal Espaço LIC

21h30min – Show com as  Meninas Cantoras de Nova Petrópolis – Palco Principal Espaço LIC